quarta-feira, 27 de junho de 2018

O Brasil passa por uma acefalia generalizada

OBS: Este texto excelente mostra resumidamente o que eu penso. Realemente, a copa é um excelente momento para domar a população brasileira para que ela acredite que civismo, amor ao país e respeito à humanidade é sinônimo de querer que um bando de moleques vestidos de amarelo chutem uma desgraçada bolinha para sacudir uma rede. 

Pra muitos, o Brasil se evoluí às custas do futebol que é  "a única coisa que dá certo no Brasil", se esquecendo que somos um país grande e diversificado e não limitado pelo espaço de um estádio de futebol. Mas com apenas 518 aninhos de idade, somos ainda crianças que priorizam uma reles brincadeira como o futebol do que nos ater com assuntos s´rios e tentar juntos melhorar o país.

Preferimos brincar de ser patriotas em copa do que nos unirmos em prol de um Brasil mais justo. Já pensou se milhões de pessoas, uma gigantesca quantidade de gente, se unisse para melhorar o país? Utopia. Brasileiros só se unem para se divertir. Na luta cotidiana é cada um por si e todos contra os outros.

O Brasil passa por uma acefalia generalizada

Cris Penha - Blog Esquerda caviar

Vou dizer uma coisa pra vocês. Eu quase larguei essa porcaria de rede social após as críticas contra as brincadeiras que fiz com a Mega Sena, que eram ironias contra esse governo corrupto, entreguista e nefasto. Mas essa foi apenas a gota d'água porque também já cansei de comentários do tipo: ¨mas vão dizer que é tudo culpa da Dilma, do Lula e do PT¨. Cansei de ver ataques a Lula, ao PT e a esquerda sem que apresentem uma proposta melhor no lugar. Cansei de ver pobre de direita defendendo o neoliberalismo. Cansei da hipocrisia dos que reclamavam de tudo nos governo do PT mas que agora sumiram. Tem hora que cansa tudo isso e você pensa: foda-se! Que se dane o país e que se danem todos. Vou cuidar da minha vida que ganho mais. Se não aprenderam em dois anos de Temer/ PMDB/ PSDB/ DEM/ MBL/ Neoliberalismo, vão aprender quando? Quando Bolsonaro entrar?

O Brasil passa por uma acefalia generalizada, graças obviamente a nossa mídia paneleira que lava o cérebro dos cidadãos há décadas com essa paranoia de comunismo, quando o que nós defendemos pra esse país é o socialismo democrático, aquele da Europa, com o Estado do Bem-Estar Social. O que nós defendemos é que o Estado seja o indutor e o condutor do desenvolvimento, com amplos investimentos sociais, como ocorreu em qualquer país desenvolvido. Mas querem que as pessoas acreditem numa receita liberal que só ampliou desigualdades e a pobreza pelo mundo e que não desenvolveu ninguém. Podem ficar tranquilos que quem toma suas propriedades são os bancos com os juros estratosféricos em pleno Capitalismo neoliberal selvagem brasileiro.

Pra piorar o estado de coma profundo da população, veio a Copa do Mundo e o povo está mais preocupado com a seleção do que com o país e sabendo disso, o governo, o Congresso e o STF nos ferram ainda mais com veneno agro pop, reuniões da quadrilha na calada da noite, entrega do pré-sal, etc. E nem a esquerda reage, mesmo com Lula sendo um preso político em prisão ilegal admitida pelo próprio ministro do STF. Torçam pelo Brasil se quiserem, mas façam como os hermanos e parem o país em plena Copa, na véspera do jogo decisivo da Argentina em protesto contra o governo neoliberal de Macri.

Sinceramente, cansei do fascismo e ódio crescentes, da maldade das pessoas incriminando um garoto de 14 anos morto pela polícia quando ia pra escola, do jornazismo da grande mídia, da mesquinhez da nossa elite, da passividade do nosso povo que parece gado indo pro abate cantando hino nacional. Cansei da burrice da classe média paneleira. Cansei de tudo. Mas apesar disso, eu não desisto porque eu amo meu país de verdade, não apenas em época de Copa. Meu sonho nunca foi sair daqui, mas ajudar a transformar essa terra para que ninguém precise sonhar em morar em outro país ou lavar privada em Miami. Ajudem a fazer isso também, lutando pelo nosso Brasil, que não é dessa quadrilha no poder e nem dessa elite golpista e entreguista. Faça alguma coisa, aqui e nas ruas. Mas por favor, não faça merda votando na direita e muito menos num fascista como Bolsonaro.

terça-feira, 26 de junho de 2018

Para magnatas, pimenta no olhos dos outros é refresco

OBS: Olhem só quem estimulou a reforma trabalhista. Os mesmos que acham que você consegue viver plenamente ganhando apenas 200 reais por mês, trabalhando durante 12 horas por dia em seis vezes por semana, são homens que ganham mais de 600 mil reais por mês praticamente sem trabalhar, distribuindo ordens de suas mansões através do celular e só indo para as suas empresas quando há algum imprevisto. 

Esses magnatas mostram quem são os verdadeiros bandidos do país, homens que desejam o melhor para si e o pior para os outros. Certamente se a reforma trabalhista os atingisse, eles não iriam gostar. Por isso agora sabemos para que foi dada a reforma trabalhista. Para facilitar os privilégios desses Tios Patinhas humanos, pois gastando menos, eles lucram muito mais. Tendo que prejudicar multidões para quem um punhado de magnatas mantenha a sua vida de marajá.

Leia abaixo as informações pesquisadas por Joaquim de Carvalho, do DCM, um dos melhores jornalistas do Brasil na atualidade.

Salários milionários, imposto baixo: ser presidente de banco e alto executivo no Brasil é como viver no paraíso

Publicado por Joaquim de Carvalho -  Diário do Centro do Mundo

Desde 2010, os bancos e as grandes empresas brasileiras que têm capital aberto brigavam na Justiça para não cumprirem uma norma da Comissão de Valores Mobiliários, o xerife do mercado de capitais: a de que os salários dos altos executivos fossem divulgados. E agora, depois que o Tribunal Regional da 2a. Região cassou a liminar que garantia o segredo, sabe-se por quê.

Num país em que o salário mínimo não chega a 300 dólares, a taxa de juros é a mais alta do planeta e as tarifas dos serviços públicos prestados por concessionárias são bastante elevadas, o que eles recebem é um escândalo. Reportagem do UOL relaciona salários dos presidentes de dois bancos e cinco grandes empresas.

O presidente do Itaú recebe mais de R$ 40 milhões por ano (3,4 milhões por mês) e o do Bradesco, quase R$ 16 milhões (R$ 1,3 milhão por mês). O presidente da Vale, R$ 19 milhões (R$ 1,6 milhão por mês). O da Tim, mais de 8 milhões (R$ 680 mil por mês), assim como o do grupo Iguatemi. O salário anual de presidente da Alpargatas é superior a R$ 7 milhões (R$ 611 mil) e o da Vivo, quase R$ 7 milhões (R$ 560 mil por mês).

O salário milionário desses executivos contrasta com a cartilha que as corporações que representam costumar oferecer ao país. São eles defenderam a reforma que retirou direitos trabalhistas e contribuiu para a precarização do trabalho, e agora exigem a reforma da Previdência, que tornará a aposentadoria um privilégio.

A liminar que impedia a divulgação desses salários milionários tinha sido obtida na Justiça pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (IBEF), sob o argumento de que a divulgação dos valores representaria uma violação da privacidade e um risco à seguranças. Para a CVM, a falta de transparência impedia o acionista de saber quanto a empresa paga a seus dirigentes.

E agora se sabe que é uma enormidade, desproporcional aos ganhos médios do trabalhador brasileiro. Depois que a liminar caiu e a caixa preta dos salários dos executivos foi aberta, a pergunta que fica é: O que será do tal Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças? Para que serve?

Talvez ainda haja uma batalha a travar: a de continuar bloqueando no Congresso uma reforma tributária que faça marajás como eles pagar mais impostos: a alíquota de imposto para quem ganha R4 3,4 milhões por mês, como o presidente do Itaú, é a mesma de quem ganha R$ 4,7 mil por mês: 27,5%, com direito a muitas restituições.

domingo, 24 de junho de 2018

Mania de tradições

Brasileiros fazem parte de um povo conservador. Mesmo que nada sirva, os brasileiros gostam de manter tradições por causa da tradição em si. Não raramente as tradições não trazem felicidade, prosperidade e muito menos resolvem problemas. Legal mesmo é manter as tradições por si só, mesmo que elas não sirvam para nada.

Isso faz parte da ignorância do brasileiro, um povo que não gosta de raciocinar e despreza tudo que esteja relacionado com a intelectualidade. Gosta de ser chamado de inteligente porque o rótulo traz prestígio, mas sabe que ser inteligente de fato exige esforço e abnegação.

E ninguém quer se abnegar de tradições, mesmo inúteis. Tradições se parecem com aquela jogatina viciosa em que o cara nunca ganha, mas insiste até ganhar. 

O país nunca melhorou com a prática de tradições. Mantê-las é uma medida fracassada que quase todos insistem em preservá-la. É mais um aspecto ridículo de um povo que nunca tem medo de ser ridículo, desde que você não o chame de ridículo.

Muitas destas tradições, além de inúteis, são nocivas. mas são mantidas por serem tradições. os defensores entendem que tradições não se extinguem. Mesmo as nocivas? Xiii...

Para mim não deveria existir tradições. Costumes podem até durar bastante, mas dependendo do contexto e da utilidade. Mas preservar tradições só pelo fato delas serem tradições é um verdadeiro sinal de infantilidade. Um culto vazio a coisas que não servem para nada.

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Para administradores de sites, sexo é mais nojento que imagens de pessoas dilaceradas ou deformadas

Estava procurando uma imagem para ilustrar uma postagem. Algo nada demais, até meio bobo e de utilização cotidiana. Mas ao digitar tal palavra me saltou uma avalanche de imagens de pessoas feridas, ensanguentadas e com partes da pele arrancadas, expondo gigantescas aberturas cheias de sangue. Não ouve nenhuma censura quanto a isso.

Mas se o assunto for sexo, uma coisa que em si é bonita, mas que a pornografia deu um caráter negativo a ele, por causa disso é francamente censurado. Mesmo fora do sexo, algumas atitudes são consideradas como tais, como amamentar uma criança, algo que só e erótico na mente de alguns pervertidos. Mulheres reclamam - e com razão - que não podem publicar fotos delas amamentando seus filhos, algo que os sistemas dos sites consideram "pornografia". Que vergonha!

Pois a demonstração de carinho de uma mãe ao seu pequeno filho é mais ofensivo que uma imagem de um cadáver ensaguentado ou de uma pessoa com deformidade facial grave? Porque a violência e imagens sobre deformidades não são censuradas?

A internet precisa ter mais critério e usar mais o bom senso na hora de definir o que deve ou não ser mostrado?

terça-feira, 12 de junho de 2018

Rebanho pronto para o abate

Gente obediente é muito bom. As autoridades, líderes e ídolos de todos os tipos agradecem. Assim, o Brasil não muda e os poderosos continuam com os seus privilégios. Uma beleza.